Conte outra vez em casa (NOVIDADES!)

Conte outra vez em casa (NOVIDADES!)

  Um dos maiores desafios é despertar o gosto e o prazer pela leitura. Além disso, existe uma necessidade de atender exigências e padrões de escrita, para o desenvolvimento sociocultural. Neste contexto, o hábito de leitura torna-se elemento indispensável para a estruturação do pensamento autônomo e crítico na construção do cidadão.
Dessa forma, através do Projeto Conte outra vez, #emcasa é possível:
  • Ampliar o vocabulário;
  • Identificar elementos que compõem a história;
  • Estimular a produção de discurso oral e escrito;
  • Apresentar aos alunos as diferentes formas de linguagens, enriquecendo a rotina escolar;
  • Enriquecer o conteúdo interdisciplinar, visando o aprendizado global;
  • Exercitar a leitura como prática democrática, fundamental na formação do senso crítico e da cidadania;
  • Conhecer e identificar os diversos gêneros textuais.
Abaixo, algumas dicas para adquirir o hábito da leitura nesta  quarentena:
  • Escolha algo que goste de ler, por exemplo, pequenos contos, tirinhas, gibis, etc.
  • Reserve um horário do dia para atividade de leitura, seja disciplinado!
  • Reserve também, um espaço em casa;
  • Ouça música, se preferir, durante a leitura. Ouvir música clássica, por exemplo, aumenta seu desempenho na atividade;
  • Se possível, tenha um dicionário próximo a você. Aprenda o significado de palavras novas!
  • Tenha sempre atenção às pontuações do texto. Ler em voz alta ajuda na fluência e na dicção das palavras;
  • Conte para alguém sobre o que está lendo, assim você memorizará melhor o que leu;
  • Tenha paciência. O hábito da leitura não vem de um dia para o outro, é preciso persistência!

    Conheça os estágios da criança leitora!

Faixa etária

Textos

Ilustrações

Materiais

De 10 meses

a 2 anos

As histórias devem ser rápidas e curtas.

Uma gravura em cada página, mostrando coisas simples e visualmente atrativas.

Livros de pano, madeira e plástico. É recomendado o uso de fantoches e livro-fantoche.

De 2 a 3 anos

História rápida com pouco texto e enredo simples, mas vivo, e poucos personagens. O tema deve se aproximar ao máximo da rotina da criança.

Gravuras grandes e com poucos detalhes.

Além dos citados para a faixa etária anterior, com destaque para os fantoches, a música também exerce grande fascínio na criança, por isso livros sonoros são muito atrativos nesta fase. O livro-vocabulário também é uma boa opção, já que contribui diretamente para o desenvolvimento do léxico e para a formação de algumas noções, como orientação espacial, tamanho e orientação temporal.

3 a 6 anos

Os livros adequados a esta fase devem propor vivências radicadas no cotidiano familiar da criança por meio dos textos curtos.

Predomínio de imagens.

Livros com dobraduras simples. Outro recurso é a transformação do contador de histórias com roupas e objetos característicos. A criança acredita, realmente, que o contador de histórias se transformou no personagem ao colocar uma fantasia.

Educação Infantil

Clique nos links e selecione a leitura desejada

QUANDO A MINHA ESCOLA ABRIR

CORONAVÍRUS

A MENINA QUE NÃO GOSTAVA DE FRUTA

A CASA FEIA

Ensino Fundamental Anos Iniciais

Clique nos links e selecione a leitura desejada

CHAPEUZINHO DE PALHA E O PRIMEIRO LIVRO

A CASA SONOLENTA

DONA CALABURA

ALMANAQUE, HISTORINHAS DE DUAS PÁGINAS

A TURMA DA MÔNICA – ÁGUA BOA PARA BEBER

 

Ensino Fundamental Anos Finais

6º ano O PEQUENO PRÍNCIPE

7º ano A VOLTA AO MUNDO EM 80 DIAS

8º ano A MORENINHA

9º ano A REVOLUÇÃO DOS BICHOS

 EJA- Educação de jovens e adultos

A FÁBULA DAS CORES

A HONESTIDADE SEMPRE VENCE

A CARTOMANTE

CLIQUE AQUI para outras sugestões de leitura.