Cidade é a 3ª melhor avaliada entre as 14 da Região Metropolitana de Campinas que tem a Fase 2 do Ensino Fundamental municipalizado.

A educação na rede pública municipal de Cosmópolis melhorou segundo o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), divulgado na segunda-feira (3/09) pelo Instituto Nacional de Estudos e de Pesquisas Educacionais “Anísio Teixeira” (INEP).

A nota da Fase 1, correspondente as turmas do 1° ao 5° ano das Escolas Municipais de Ensino Básico (EMEBs), foi 6,8, o que coloca a cidade como a 10ª melhor entre as 20 cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC).

No caso da Fase 2, correspondente as turmas do 6° ao 9° ano das EMEBs, a nota foi 5,8 e garantiu Cosmópolis como a 3ª melhor cidade entre as 14 da RMC que tem esta etapa do Ensino Fundamental municipalizado.

“Este é um resultado muito satisfatório. Agradeço o empenho e compromisso dos professores e das equipes pedagógica e gestora das escolas. Para alcançar este feito implementamos várias ações para obter mais qualidade na educação municipal: investimos na capacitação de docentes, em reforço no contraturno e em estratégias diversificadas para melhorar a aprendizagem – incluindo a manutenção constante dos prédios escolares e sistemas mais eficientes de gestão interna”, diz a secretária municipal de Educação, Vera Borelli.

 

Sobre o IDEB

O Ideb foi criado no ano de 2007 como parte do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) do Governo Federal. Ele é calculado com base na aprovação e evasão dos alunos – a chamada taxa de rendimento escolar – e no desempenho dos estudantes no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (SAEB) e na Prova Brasil.

Deste modo, se uma escola aprova os alunos sem que eles tenham realmente aprendido isso fica claro a partir da análise do desempenho dela no Ideb. Quanto maior a nota da instituição no teste e quanto menos repetências e desistências ela registrar, melhor será a sua classificação, numa escala de zero a dez.