Alimentação escolar

Alimentação Escolar

A merenda escolar é pensada com base na legislação vigente Resolução Nº 26 de 17 de junho de 2013, que dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar aos alunos da educação básica no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Os cardápios são planejados visando atender as recomendações nutricionais dos alunos durante o período de aula, devendo ser de forma igualitária, mas respeitando as individualidades, seja na faixa etária, nas condições de saúde ou de vulnerabilidade social. Toda a alimentação é balanceada e elaborada de acordo com as recomendações propostas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Para garantir a qualidade no preparo das refeições oferecidas, outra legislação importante é seguida, a Portaria CVS5 de 09 de abril de 2013, que tem como objetivo estabelecer os requisitos essenciais de Boas Práticas e de Procedimentos Operacionais Padronizados para os estabelecimentos comerciais de alimentos e para os serviços de alimentação, a fim de garantir as condições higiênico-sanitárias dos alimentos. Saiba mais sobre o Projeto Autosserviço na Aba de Projetos.


Equipe Nutricionista Responsável Técnico:
Luana dos Santos CRN3 – 42280;
Fátima Borges Fernandes – CRN3 – 5312.


Técnica em nutrição:
Aurea Catozzi – CRN3 – T – 109156;
Daniela Fernanda Tozin – CRN3 – T –109831.


Administrativo:
Andresa Lima da Silva.


Motorista:
João Vitorino dos Santos Filho.


Auxiliar de Departamento:
Orivaldo Benedito Martins.


Cozinheiras:
São 99 cozinheiras distribuídas nas 30 E.M.E.B.s do município.


Conforme a Resolução N.º de 17 de junho de 2013, anualmente, é realizado treinamentos com todas as cozinheiras das E.M.E.B.s para que todas tenham atualizações sobre:

  • Boas práticas no preparo dos alimentos;
  • Higiene e organização da cozinha;
  • Armazenamento adequado dos alimentos;
  • Controle de validade dos alimentos;
  • Importância de seguir os cardápios;
  • Forma de preparo das receitas;
  • Importância do trabalho em equipe;
  • Controles dos números de refeições;
  • Controle dos gêneros alimentícios.

Exemplo de cardápio:

Baixe as tabelas de refeições diárias para educação: